Toda la Agricultura en Internet
[Portada] [Buscador]  Noticias Precios Agrícolas Cursos Instrumental Anuncios Clasificados Recomendar Infoagro

¿Dónde estoy? Portada DDOO e IIGGPP   Todas las denominaciones


Denominaciones de Origen e Indicaciones Geográficas protegidas

 
Productos de Portugal


Productos de España

Productos de Portugal

Productos de Italia

Productos de Alemania

Productos de Brasil



  DDOO e IIGGPP de Vino
¿Falta alguna denominación?
Envíenos la información y la incluimos
Puede enviarnos cualquier información que desee incluir o comunicarnos cualquier corrección a la dirección:



O a nuestras oficinas:
Infoagro Systems, S.L.
C/Capitán Haya, 60, 3º, 28020, Madrid, España
. Tel. +34 902 11 79 29


Denominación de Origen
DOC Bucelas

Comissão Vitivinícola Regional de Bucelas, Carcavelos e Colares
, Portugal

Tel.:

Fax:

Email:
Web:

Descripcion:

Foi com as invasões Francesas que o vinho de Bucelas começou a ser conhecido internacionalmente. O Duque de Wellington, então comandante das tropas anglo-portuguesas contra os exércitos napoleónicos, por tanto o apreciar ofereceu-o de presente a Jorge III, introduzindo-o assim em Inglaterra.
Depois da Guerra Peninsular, o consumo deste vinho tornou-se um hábito na corte Inglesa. No tempo de Shakespeare era conhecido pelo nome de "Charneco", e mais tarde foi também conhecido pelo nome de Lisbon Hock (vinho branco de Lisboa).
Esta região situa-se a 25 Km a norte de Lisboa, no vale do rio Trancão. As vinhas instalam-se em solos que correspondem às tradicionais "caeiras", predominantemente derivados de margas e calcários duros.
Com um clima bastante frio no inverno e temperado no verão apresenta, no entanto, grandes oscilações térmicas nessa época.
A casta que confere as características organolépticas inconfundíveis deste famoso vqprd branco é a Arinto.

LEGISLAÇÃO BASE
Decreto-Lei N.º 43/2000, de 17 de Março.
 
ÁREA GEOGRÁFICA
A área geográfica correspondente à Denominação de Origem "Bucelas" abrange a freguesia de Bucelas e parte das freguesias de Fanhões (lugares de Fanhões, Ribas de Cima, Ribas de Baixo, Barras e Cocho) e de Santo Antão do Tojal (lugares de Pintéus, Meijoeira e Arneiro), do concelho de Loures.

Produtos Rendimento Máximo (hl/ha) Título Alcoométrico Volúmico Mínimo (%vol.) Estágio Mínimo Obrigatório (meses)
VQPRD
   Branco

70

10,5 Adq.
VEQPRD (espumante)
   Branco

70

10,5 Adq.

CASTAS RECOMENDADAS
Vinhos Brancos
Arinto (Pedernã), com um mínimo de 75% do encepamento, Sercial (Esgana Cão) e Rabo de Ovelha.
 
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS
Vinhos Brancos
Apresentam uma cor citrina, um sabor e aroma frutados e um acídulo característico da casta Arinto. São secos, leves e quando envelhecidos ganham um belo tom amarelo dourado e aromas terciários complexos.
Vinhos Espumantes Brancos
Os vinhos espumantes, dadas as características do vinho base, apresentam-se com aroma e sabor bastante frutados, acentuada frescura, e uma bolha fina e persistente que lhes confere uma excelente qualidade.




Otras denominaciones de Vino de Portugal







 


PORTADAContactoPublicidad
© Copyright Infoagro Systems, S.L.