Toda la Agricultura en Internet
[Portada] [Buscador]  Noticias Precios Agrícolas Cursos Instrumental Anuncios Clasificados Recomendar Infoagro

¿Dónde estoy? Portada DDOO e IIGGPP   Todas las denominaciones


Denominaciones de Origen e Indicaciones Geográficas protegidas

 
Productos de Portugal


Productos de España

Productos de Portugal

Productos de Italia

Productos de Alemania

Productos de Brasil



  DDOO e IIGGPP de Vino
¿Falta alguna denominación?
Envíenos la información y la incluimos
Puede enviarnos cualquier información que desee incluir o comunicarnos cualquier corrección a la dirección:



O a nuestras oficinas:
Infoagro Systems, S.L.
C/Capitán Haya, 60, 3º, 28020, Madrid, España
. Tel. +34 902 11 79 29


Denominación de Origen
DOC Douro

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto
, Portugal

Tel.:

Fax:

Email:
Web:

Descripcion:

Já durante a ocupação romana se cultivava vinha e se fazia vinho nos vales do Alto Douro.
A produção de vinhos na Região Demarcada do Douro é elevada, sendo cerca de 50% destinada à produção de Vinho do Porto. A restante é utilizada para a produção de vinhos de grande qualidade que utilizam a denominação de origem controlada "Douro" ou "Vinho do Douro".
Sob esta denominação produzem-se vinhos brancos, tintos e rosados, vinhos espumantes e vinhos licorosos e, ainda, aguardentes de vinho. Os vinhos licorosos DOC Douro, produzidos a partir da casta Moscatel Galego Branco, utilizam a denominação "Moscatel do Douro".
Situa-se no nordeste de Portugal, estendendo-se pelo vale do rio Douro e seus afluentes e abrange os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu e Guarda.
Esta região, rica em micro-climas como consequência da sua acidentada orografia, divide-se em três sub-regiões - Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior, produzindo cada uma delas vinhos com especificidades próprias.

LEGISLAÇÃO BASE
Decreto Lei N.º 254/98, de 11 de Agosto, e Decreto-Lei N.º 190/2001, de 25 de Junho (com as alterações introduzidas pela Declaração de Rectificação nº 13-S/2001, de 29 de Junho).
 
ÁREA GEOGRÁFICA

A área geográfica correspondente à Denominação de Origem "Douro" é a mesma que se encontra demarcada para a produção do Vinho do Porto e abrange os seguintes distritos, concelhos e freguesias, tradicionalmente agrupadas em três áreas geográficas mais restritas:

Baixo Corgo
Os concelhos de Mesão Frio, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real (freguesias de Abaças, Ermida, Folhadela, Guiães, Mateus, Nogueira, Parada de Cunhos, São Dinis e São Pedro e parte da freguesia de Nossa Senhora da Conceição), do distrito de Vila Real; Os concelhos de Armamar, (freguesias de Aldeias, Armamar, Folgosa, Fontelo, Santo Adrião, Vacalar e Vila Seca), Lamego (freguesias de Cambres, Ferreiros de Avões, Figueira, Parada do Bispo, Penajóia, Samodães, Sande, Santa Maria de Almacave, Sé e Valdigem e as Quintas de Foutoura, do Prado e das Várzeas, na freguesia de Várzea de Abrunhais) e Resende (freguesia de Barrô), do distrito de Viseu.

Cima Corgo
Os concelhos de Alijó (freguesias de Alijó, Amieiro, Carlão, Casal de Loivos, Castedo, Cotas, Favaios, Pegarinhos, Pinhão, Sanfins do Douro, Santa Eugénia, São Mamede de Riba Tua, Vale de Mendiz, Vilar de Maçada e Vilarinho de Cotas), Murça (freguesias de Candedo, Murça e Noura), Sabrosa (freguesias de Celeirós, Cova do Douro, Gouvães do Douro, Gouvinhas, Paços, Paradela de Guiães, Provesende, Sabrosa, São Cristóvão do Douro, São Martinho de Anta, Souto Maior e Vilarinho de São Romão do distrito de Vila Real; Os concelhos de S. João da Pesqueira (freguesias de Casais do Douro, Castanheiro do Sul, Espinhosa, Ervedosa do Douro, Nagozelo do Douro, Paredes da Beira, São João da Pesqueira, Sarzedinho, Soutelo do Douro, Trevões, Vale de Figueira, Valongo dos Azeites, Várzea de Trevões e Vilarouco), Tabuaço (freguesias de Adorigo, Barcos, Desejosa, Granjinha, Pereiro, Santa Leocádia, Sendim, Tabuaço, Távora e Valença do Douro), do distrito de Viseu; Os concelhos de Carrazeda de Ansiães (freguesias de Beira Grande, Castanheiro do Norte, Carrazeda de Ansiães, Lavandeira, Linhares, Parambos, Pereiros, Pinhal do Norte, Pombal, Ribalonga, Seixo de Ansiães e Vilarinho de Castanheira) do distrito de Bragança;

Douro Superior:
Os concelhos de Alfândega da Fé (freguesia de Vilarelhos), Freixo de Espada à Cinta (freguesias de Freixo de Espada à Cinta, Ligares, Mazouco e Poiares), Mirandela (as propriedades que foram de D. Maria Angélica de Sousa Pinto Barroso na freguesia de Frechas e as da Sociedade Clemente Meneres nas freguesias de Avantos, Carvalhais Frechas e Romeu), Torre de Moncorvo, (freguesias de Açoreira, Adeganha, Cabeça Boa, Horta, Lousa, Parede dos Castelhanos, Torre de Moncorvo e Urros), Vila Flor (freguesias de Assares, Freixiel, Lodões, Roios, Sampaio, Santa Comba da Vilariça, Seixo de Manhoses, Vale Frechoso e Vilarinho das Azenhas, as Quintas da Peça e das Trigueiras e as Propriedades de Vimieiro, situadas na freguesia de Vilas Boas e Vila Flor) do distrito de Bragança;

Os concelhos de Figueira Castelo Rodrigo (freguesia de Escalhão), Meda (freguesias de Fontelonga, Longroiva, Meda, e Poço do Canto) e o concelho de Vila Nova de Foz Côa, do distrito da Guarda.


Produtos Rendimento Máximo (hl/ha) Título Alcoométrico Volúmico Mínimo (% vol.) Estágio Mínimo Obrigatório (meses)
VQPRD
   Tinto
   Branco
   Rosado
55
65
55
11 Adq.
10,5 Adq.
10,5 Adq.
15 de Maio do ano seguinte à colheita 1
15 de Novembro do ano da colheita 1
15 de Novembro do ano da colheita 1
VEQPRD (espumante) 55 11 Adq. 9
VLQPRD
    "Moscatel do Douro"
65 16,5 Adq. (mín.)
22 Adq. (máx.)
18
Aguardente de Vinho      
1 - Vinhos DOC Douro sem designação complementar.

CASTAS RECOMENDADAS
Tintas Brancas
Alicante Bouschet, Alvarelhão, Alvarelhão Ceitão, Aragonez (Tinta Roriz), Aramon, Baga , Barca, Barreto, Bastardo, Bragão, Camarate, Carignan , Carrega Tinto, Casculho, Castelã, Castelão (Periquita)1, Cidadelhe, Concieira, Cornifesto, Corropio, Donzelinho Tinto, Engomada, Espadeiro, Gonçalo Pires, Grand Noir, Grangeal, Jaen, Lourela, Malandra, Malvasia Preta, Marufo, Melra, Mondet, Mourisco de Semente, Nevoeira, Patorra, Petit Bouschet, Pinot Noir, Português Azul, Preto Martinho, Ricoca, Roseira, Rufete, Santareno, São Saúl, Sevilhão, Sousão, Tinta Aguiar, Tinta Barroca, Tinta Carvalha, Tinta Fontes, Tinta Francisca, Tinta Lameira, Tinta Martins, Tinta Mesquita, Tinta Penajoia, Tinta Pereira, Tinta Pomar, Tinta Tabuaço, Tinto Cão, Tinto Sem Nome, Touriga Fêmea, Touriga Franca, Touriga Nacional, Trincadeira (Tinta Amarela), Valdosa, Varejoa. Alicante Branco, Alvarelhão Branco, Arinto (Pedernã), Avesso, Batoca, Bical, Branco Especial, Branco Guimarães, Caramela, Carrega Branco, Cercial, Chasselas, Côdega de Larinho, Diagalves, Dona Branca, Donzelinho Branco, Estreito Macio, Fernão Pires (Maria Gomes), Folgasão, Gouveio, Gouveio Estimado, Gouveio Real, Jampal, Malvasia Fina, Malvasia Parda, Malvasia Rei, Moscadet, Moscatel Galego Branco, Mourisco Branco, Pé Comprido, Pinheira Branca, Praça, Rabigato, Rabigato Franco, Rabigato Moreno, Rabo de Ovelha, Ratinho, Samarrinho, Sarigo, Semillon, Sercial (Esgana Cão), Síria (Roupeiro), Tália, Tamarez, Terrantez, Touriga Branca, Trigueira, Valente, Verdial Branco, Viosinho, Vital.
1 - Apenas na rotulagem conforme ponto 1-A do artigo 17º do Regulamento (CEE) n.º 3201/90, com a redacção do Regulamento (CE) n.º 609/97.
 
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS
Vinhos Tintos Vinhos Brancos
Ricos em cor e aroma, são aveludados e agradáveis ao sabor e envelhecem nobremente. Finos, leves, frescos, agradavelmente acídulos e muito aromáticos.




Otras denominaciones de Vino de Portugal







 


PORTADAContactoPublicidad
© Copyright Infoagro Systems, S.L.